Skip to main content

5 coisas produtivas que você pode fazer enquanto procura emprego

Está procurando trabalho e tem um monte de tempo de sobra? Saiba o que fazer para não perder a sanidade

Posted in Carreira

Todo mundo está sabendo da crise europeia, seja pela TV, internet ou por parentes e amigos morando em algum dos países afetados. Aqui na República Tcheca a coisa não está tão diferente. E isso acabou me inspirando a fazer uma lista de coisas a se fazer enquanto se procura emprego.

Vamos aos items:

  1. Reestruturar o currículo: Muitas pessoas sequer encostam no currículo quando estão no mercado de trabalho. Outras simplesmente o deixam com um visual muito estranho. Saiba que muitos head-hunters ignoram os currículos mal estruturados ou sem padrão (tipos de letras ou tamanhos diferentes). Se este é o seu caso é melhor aproveitar o tempo livre e organizar o currículo antes de começar a espalhá-lo por aí. Aproveite e tire o número dos documentos e endereço de lá já.
  2. Fazer cursos e/ou tirar certificações: O tempo que você passa zanzando em casa pode muito bem ser usado para fazer algum curso ou tirar alguma certificação de sua área. Eu até já falei de como tirar uma certificação Microsoft antes. Além disso, você já teria na ponta da língua a resposta para quando te perguntarem o que você está fazendo desde que saiu do emprego.
  3. Saiba como anda o mercado: Qualquer pessoa tende a se acomodar quando está em uma empresa achando que nada vai atingi-la. Logo, quando sai, ela acaba não tendo noção alguma de como anda o mercado para a área dela. Se informe lendo revistas, conversando com pessoas e olhando sites de emprego sobre sua área. Isso pode ser bom para um planejamento tanto de salário (caso estejam pagando mais em outros lugares) quanto de mudança de carreira (caso sua profissão está se extinguindo, como programadores COBOL).
  4. Pratique networking: Agora é uma boa oportunidade para ir a eventos e entrar em contato com seus amigos para jogar conversa fora. No caso dos eventos, é importante que eles estejam relacionados ou que complementem a sua profissão. Não me vejo como programador indo a um evento de fazendeiros, por exemplo, e sim a um de negócios ou de marketing. Um detalhe aqui: Na minha humilde opinião, o melhor networking é aquele onde as pessoas se esforçam para criar vínculos. Uma vez fui a um evento de networking onde um cara chegou para conversar comigo e ficou falando de como a empresa dele presta bons serviços. Sinceramente, a única coisa que eu me lembro dele é que ele parece o Salsicha do filme Scooby Doo. E da empresa? Ah, é a empresa do Salsicha...
  5. Cuide de sua saúde física e mental: Eu sei que é complicado de se pensar em diversão já que é normal ficar deprimido e/ou estressado quando se está desempregado. Só que esse pode ser um momento muito bom para se passear com os filhos ou com o cachorro, começar uma atividade física (andar, correr...), fazer os exames médicos que você nunca teve tempo de fazer, jogar videogame... Enfim, faça coisas que você não está acostumado a fazer para poder tirar um pouco o foco do momento ruim.

Tomando essas medidas você com certeza vai conseguir melhorar sua qualidade de vida, seu currículo e conhecer pessoas. Tudo o que você precisa para conseguir um emprego melhor do que o que você tinha. Além do mais, nenhum head-hunter gosta de ver a pessoa chegando desmotivada para uma entrevista.

Did you like the article?

You can subscribe and get them as soon they are online, share using the buttons bellow or leave a comment.

And you also can share using your favorite social network: